Carro elétrico quem se arrisca?

Assuntos gerais que não se enquadrem nos fóruns oficiais serão discutidos aqui.
marofa
Mensagens: 12928
Registrado em: 20 Dez 2014 22:36
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por marofa » 10 Abr 2024 07:16

Esse topico vai envelhecer mal...

Avatar do usuário
SKYWALKER
Mensagens: 11070
Registrado em: 01 Out 2014 18:25
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por SKYWALKER » 10 Abr 2024 13:30

Imagem
:-?
"Nascido e criado no off topic"

Ciro/Zema/Tarcísio 2026

AntiRacista/Facista/Nazista/Stalinista/Comunista/Chavista/Bolsopetista.

Avatar do usuário
Revolver Assassino
Mensagens: 1642
Registrado em: 08 Out 2021 19:08
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Revolver Assassino » 10 Abr 2024 14:14

jiuhu escreveu:
09 Abr 2024 20:32
Quando eu vejo alguém falando de carro elétrico aqui no Brasil, eu já automaticamente imagino aqueles caras de coque samurai entrando em um bar, chegando para o garçom e pedindo para descer um suco Detox ou um suco de berinjela.
Imagem

Avatar do usuário
JackmAtAll
Admin
Admin
Mensagens: 25907
Registrado em: 20 Jan 2015 22:55
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por JackmAtAll » 10 Abr 2024 16:06

jiuhu escreveu:
09 Abr 2024 20:32
Quando eu vejo alguém falando de carro elétrico aqui no Brasil, eu já automaticamente imagino aqueles caras de coque samurai entrando em um bar, chegando para o garçom e pedindo para descer um suco Detox ou um suco de berinjela.
Pior que digi evoluiu, o cara do Coque agora tem barba, mas passa creme todos dias e vai no barbeiro que tem fliperama para aparar. :ymblushing:
Auditor de tretas

Humpty Dumpty
Mensagens: 1753
Registrado em: 08 Jun 2020 13:21
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Humpty Dumpty » 10 Abr 2024 17:27

Tem que se ter primeiramente em perspectiva que o carro elétrico não é uma evolução tecnológica em relação ao carro a combustão, mas uma obrigação imposta às montadoras de veículo pela agenda ecológica global.

O carro elétrico foi popularizado graças aos subsídios dados pelos governos, como a isenção de impostos etc. Isso em breve irá acabar e o carro elétrico não será mais tão atrativo financeiramente.

Outra questão que fez surgir essas marcas como BYD e GWM é que o carro elétrico é muito fácil de ser fabricado em comparação aos carros a combustão.

No Brasil, eu colocaria as seguintes objeções em relação ao carro elétrico:

1- Há pontos de recargas em quantidade suficiente para todos?
2 - Quem detém a tecnologia de conserto do carro elétrico? Só a concessionária? Dá para arrumar/recondicionar algumas peças ou somente trocar? Quanto custa? É fabricado aqui? É caro? A garantia cobre?
3 - Quanto dura a bateria e quanto custa para troca-la?
4 - Qual será a desvalorização do carro elétrico no mercado?
5 - Será que essas empresas chinesas detém uma tecnologia suficiente de fabricação de outros componentes do carro, como suspensão etc.? Será que esses componentes são adaptados à realidade brasileira?

São apenas algumas questões que me surgiram agora, mas podem surgir muitas outras.

Avatar do usuário
Jubileu
Apoiador
Apoiador
Mensagens: 337
Registrado em: 10 Out 2014 19:56
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Jubileu » 10 Abr 2024 17:41

Humpty Dumpty escreveu:
10 Abr 2024 17:27
Tem que se ter primeiramente em perspectiva que o carro elétrico não é uma evolução tecnológica em relação ao carro a combustão, mas uma obrigação imposta às montadoras de veículo pela agenda ecológica global.

O carro elétrico foi popularizado graças aos subsídios dados pelos governos, como a isenção de impostos etc. Isso em breve irá acabar e o carro elétrico não será mais tão atrativo financeiramente.

Outra questão que fez surgir essas marcas como BYD e GWM é que o carro elétrico é muito fácil de ser fabricado em comparação aos carros a combustão.

No Brasil, eu colocaria as seguintes objeções em relação ao carro elétrico:

1- Há pontos de recargas em quantidade suficiente para todos?
2 - Quem detém a tecnologia de conserto do carro elétrico? Só a concessionária? Dá para arrumar/recondicionar algumas peças ou somente trocar? Quanto custa? É fabricado aqui? É caro? A garantia cobre?
3 - Quanto dura a bateria e quanto custa para troca-la?
4 - Qual será a desvalorização do carro elétrico no mercado?
5 - Será que essas empresas chinesas detém uma tecnologia suficiente de fabricação de outros componentes do carro, como suspensão etc.? Será que esses componentes são adaptados à realidade brasileira?

São apenas algumas questões que me surgiram agora, mas podem surgir muitas outras.
Adicionaria nessa lista a questão energética de fato, esses carros consumem uma quantidade considerável de energia quando estão carregando, dependendo de como esse mercado escalar essa demanda energética pode ser um baita problema
-Você disse pipocas?

Avatar do usuário
Filipe
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 4689
Registrado em: 19 Jan 2017 11:54
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Filipe » 10 Abr 2024 17:46

Já ouvi dizer que esses carros elétricos no exterior não compensa trocar a bateria, eles são compactados.

Isso n cabe na realidade do brasileiro

Avatar do usuário
relâmpagomcqueen
Mensagens: 2568
Registrado em: 10 Set 2020 21:11
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por relâmpagomcqueen » 10 Abr 2024 19:28

Humpty Dumpty escreveu:
10 Abr 2024 17:27
Tem que se ter primeiramente em perspectiva que o carro elétrico não é uma evolução tecnológica em relação ao carro a combustão, mas uma obrigação imposta às montadoras de veículo pela agenda ecológica global.

O carro elétrico foi popularizado graças aos subsídios dados pelos governos, como a isenção de impostos etc. Isso em breve irá acabar e o carro elétrico não será mais tão atrativo financeiramente.

Outra questão que fez surgir essas marcas como BYD e GWM é que o carro elétrico é muito fácil de ser fabricado em comparação aos carros a combustão.

No Brasil, eu colocaria as seguintes objeções em relação ao carro elétrico:

1- Há pontos de recargas em quantidade suficiente para todos?
2 - Quem detém a tecnologia de conserto do carro elétrico? Só a concessionária? Dá para arrumar/recondicionar algumas peças ou somente trocar? Quanto custa? É fabricado aqui? É caro? A garantia cobre?
3 - Quanto dura a bateria e quanto custa para troca-la?
4 - Qual será a desvalorização do carro elétrico no mercado?
5 - Será que essas empresas chinesas detém uma tecnologia suficiente de fabricação de outros componentes do carro, como suspensão etc.? Será que esses componentes são adaptados à realidade brasileira?

São apenas algumas questões que me surgiram agora, mas podem surgir muitas outras.
Respondendo as suas perguntas:

1 - Até mesmo na europa e nos U.S se passa perrengue pra carregar. Inclusive tem até o Airbnb da recarga, em que as pessoas alugam seu espaço pra vender a recarga. No Brasil, atualmente, quase todos os prédios novos estão sendo lançados com ponto de recarga e medição individualizada. Apesar disso, tem varias tecnologias de recarga. Aquela recarga mega rápida é caríssimo, variando de 40 a 80 % do valor que seria gasto com combustível a depender do lugar no U.S;

2 - O carro elétrico praticamente não tem gasto com manutenção/conserto. Esta sem dúvida é a sua grande vantagem. Dificilmente uma pessoa que comprou um carro elétrico vai procurar um engenheiro por fora, mas como toda lei do mercado, quanto maior for a demanda pelo serviço, mais pessoas se capacitarão pra atendê-los;

3 - a bateria hoje em dia sai com garantia de 6 a 10 anos. Em média, custa 40 a 60% do carro. Fabricantes de baterias existem ao monte e a oferta não seria o problema, pois há industrias especializadas em reciclagem e reutilização do material. O problema no caso é que quem faz o preço é a escassez da matéria prima. Quanto maior a demanda por carro elétrico, menor o estoque de Lítio e Cobalto e mais caro a produção de baterias;

4 - Não sei responder, mas a bateria sem sombra de dúvida será um fator bem negativo pra desvalorização;

5 - não sei responder. Todavia, sem sombra de dúvida a instalação das fábricas chinesas no Brasil serão um fator positivo pra esta evolução.

_______________________________

Uma questão que eu apontaria também é em relação à outras inovações, a exemplo da fabricação de baterias com outros componentes que não são tão eficiente como o lítio (pra durabilidade), mas também tecnologias a partir do hidrogênio, que talvez seja a maior ameaça às baterias elétricas de der certo. Na Europa é super válido pensar em carro elétrico, visto eles serem pobres em recursos naturais. Agora, pro Brasil rico pra caralho em milho, cana de açucar, petróleo, eu, sinceramente, não vejo a mínima chance de substituir a frota de forma significativa.
"Eu arreguei (...)"
(FERREIRA, DEJAIR NILE, 2021)
RF: pg.5, Tóp. "Witzel diz que bandido Moro (...)"

didigo
Mensagens: 3889
Registrado em: 15 Fev 2015 00:15
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por didigo » 11 Abr 2024 02:32

relâmpagomcqueen escreveu:
10 Abr 2024 19:28
Respondendo as suas perguntas:

1 - Até mesmo na europa e nos U.S se passa perrengue pra carregar. Inclusive tem até o Airbnb da recarga, em que as pessoas alugam seu espaço pra vender a recarga. No Brasil, atualmente, quase todos os prédios novos estão sendo lançados com ponto de recarga e medição individualizada. Apesar disso, tem varias tecnologias de recarga. Aquela recarga mega rápida é caríssimo, variando de 40 a 80 % do valor que seria gasto com combustível a depender do lugar no U.S;

2 - O carro elétrico praticamente não tem gasto com manutenção/conserto. Esta sem dúvida é a sua grande vantagem. Dificilmente uma pessoa que comprou um carro elétrico vai procurar um engenheiro por fora, mas como toda lei do mercado, quanto maior for a demanda pelo serviço, mais pessoas se capacitarão pra atendê-los;

3 - a bateria hoje em dia sai com garantia de 6 a 10 anos. Em média, custa 40 a 60% do carro. Fabricantes de baterias existem ao monte e a oferta não seria o problema, pois há industrias especializadas em reciclagem e reutilização do material. O problema no caso é que quem faz o preço é a escassez da matéria prima. Quanto maior a demanda por carro elétrico, menor o estoque de Lítio e Cobalto e mais caro a produção de baterias;

4 - Não sei responder, mas a bateria sem sombra de dúvida será um fator bem negativo pra desvalorização;

5 - não sei responder. Todavia, sem sombra de dúvida a instalação das fábricas chinesas no Brasil serão um fator positivo pra esta evolução.

_______________________________

Uma questão que eu apontaria também é em relação à outras inovações, a exemplo da fabricação de baterias com outros componentes que não são tão eficiente como o lítio (pra durabilidade), mas também tecnologias a partir do hidrogênio, que talvez seja a maior ameaça às baterias elétricas de der certo. Na Europa é super válido pensar em carro elétrico, visto eles serem pobres em recursos naturais. Agora, pro Brasil rico pra caralho em milho, cana de açucar, petróleo, eu, sinceramente, não vejo a mínima chance de substituir a frota de forma significativa.
seus 2 e 3 pontos estao equivocados...

2 - A suspensao do carro nao foi tropicalizada, em diversos paises estao ocorrendo problemas e aqui a suspensão bate seco e duro, algo que não dura em nossas pessimas estradas, tem seu pneu que dura apenas 20 mil km, entao da manutenção, ainda tem o motor que ninguem sabe os custos da manutenção.

reclamação sobre a suspensão:

https://www.reclameaqui.com.br/byd-do-b ... VO0gyRxN4/

https://www.reclameaqui.com.br/byd-do-b ... M0VcZlDd4/

Vim aqui falar sobre o Dolphin Mini e os problemas da suspensão traseira que estão me deixando de cabelo em pé. Primeiro, qualquer buraco que eu passo, por menor que seja, faz um barulhão seco que parece que o carro vai desmontar. O carro é uma maravilha de silencioso por dentro, mas esse barulho da suspensão tá impossível, dá pra ouvir alto e claro, e é cada susto que eu levo..

E outra, o carro é molenga demais. Sabe aquela sensação de que a qualquer momento ele vai capotar quando passa em algum desnível? Pois é, tá demais isso. Não dá segurança nenhuma, parece que a qualquer momento vai virar de lado com qualquer vento mais forte.

Vi que tem um monte de gente reclamando do mesmo nas redes sociais, no Reclame Aqui, e até na mídia especializada. E a resposta de vocês? Parece copia e cola: "Não temos histórico de relatos dos nossos demais clientes sobre o mesmo conteúdo do apontamento feito por você" Como assim, gente? Tá na cara que tem algo errado, e todo o Brasil inteiro falando disso e vocês ai menosprezando o relato de todos com esse papo que não tem relato???

Precisamos de um recall desses problemas da suspensão traseira, e rápido. Não dá pra ficar assim, com medo de dirigir o carro pelas ruas aqui, que vocês sabem como são. Estamos no Brasil, deviam ter adaptado todo o carro pra nossa realidade, para as nossas ruas, para a nossa infraestrutura, nossas ruas não são lisinhas e bem feitas como a da China.

Aguardando uma solução de verdade, sem copia e cola.

Abraços,
Hericlis

3- Eles classificam como ok, sua bateria tendo 60% da sua capacidade, imagina vc ter um carro que pode perder quase 50% de seu rendimento e não terá o que fazer, fora que a garantia para quem usa para apps e etc, dura apenas um ano e meio. Sem contar as inumeras letras miudas que fazem vc perder a garantia completa do carro.

Irá escutar do chines: complou pq quis não tem galantia


Ps: Nenhuma reclamação no reclameaqui, teve resposta.

POBRELOKO
Mensagens: 1150
Registrado em: 10 Ago 2014 09:26
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por POBRELOKO » 11 Abr 2024 12:49

Minha sogra olhou para comprar um BYD e chegou toda maravilhada com a tecnologia e na cabeça dela a recarga custaria quase nada tipo colocar um celular na tomada o custo kkkk ralei para ela que estava errado isso ela voltou na concessionária e deram um custo de 18 reais por cargo

Minhas objeções:

Não se pode lavar o carro em qualquer lugar.

O carregador extra com custa quase 10.0000

Carro com muitos pontos frágeis


Outra coisa no prédio da minha cunhada foram colocados 2 pontos de carga na área comum do prédio

A conta de energia veio alta no rateio do condomínio e quem não tem carro elétrico não quer participar do pioneirismo ecológico dos outros.

Avatar do usuário
JackmAtAll
Admin
Admin
Mensagens: 25907
Registrado em: 20 Jan 2015 22:55
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por JackmAtAll » 11 Abr 2024 13:20

POBRELOKO escreveu:
11 Abr 2024 12:49
Outra coisa no prédio da minha cunhada foram colocados 2 pontos de carga na área comum do prédio

A conta de energia veio alta no rateio do condomínio e quem não tem carro elétrico não quer participar do pioneirismo ecológico dos outros.
Penso que se vingar ao invées de não preservar ambiente com combustivel fóssil, vão acabar tendo que gerar energia elétrica de outras formas, porque a demanda vai ser muito acima da capacidade.

Imagina sei lá 30 milhões de carros a mais por dia dando carga na tomada :fear:

O preço alto da gasolina vai ser transferido para energia eletrica e tomar banho vai sair uma fortuna :))
Auditor de tretas

LeoMatosJJ
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 15566
Registrado em: 07 Fev 2019 15:12
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por LeoMatosJJ » 11 Abr 2024 13:57

A coisa é nem tanto ao céu, nem tanto ao mar...

A maioria das pessoas que tem carro anda o tempo quase todo sozinha, no trajeto casa, trabalho, mercado. Então um carro elétrico supriria tranquilamente a demanda.

Inclusive nunca entendi o enorme preconceito dos brasileiros com carros pequenos, nessa pegada dos Kei car japoneses.

Ficam falando, ah, mas não dá pra fazer uma viagem de 2000km com um elétrico. Porra, e quantas pessoas fazem esse tipo de viagem com frequência? Viajar de carro nem barato é, o custo é o mesmo de ir de avião.



Não acho que os elétricos vão substituir os de combustão interna, ou melhor, vai demorar mais do que o esperado, mas acho interessante a ideia de diversificação. E deram uma chacoalhada nas montadoras tradicionais, que estavam apenas deitadas em berço esplêndido fazendo o que queriam com a ajuda dessa bosta chamada ANFAVEA.

Frota 100% eletrificada é algo que num horizonte próximo só é plausível para os países nórdicos, que são ricos, relativamente pequenos territorialmente e possuem matrizes energéticas extremamente desenvolvidas.

Avatar do usuário
Kabeça Grande BJJ
Mensagens: 11465
Registrado em: 10 Abr 2017 12:09
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Kabeça Grande BJJ » 11 Abr 2024 15:09

Nem a Honda, nem a Ford, nem a Citröen, acertam a suspensão pra essa pocilga, com boas exceções, imagina esses carros china…
"Faz teu corre não e depende desses ladrões aí, pra ver" - Xira4e21

Avatar do usuário
Dartagnan
Mensagens: 1838
Registrado em: 21 Ago 2019 16:40
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Dartagnan » 12 Abr 2024 08:47

Tenho visto bem de leve esse assunto. Até o momento, tô vendo que o carro elétrico só se aplica em alguns contextos específicos. Japão, na prática, não quer mais saber disso. Algumas montadoras estão mantendo seus híbridos, que esses sim se mostram mais viáveis e interessantes. Vi de perto um Toyota Prius (horrível por fora e lindo por dentro) e o Corolla Altis premium. Se não fossem tão caros, colocaria numa lista de compra futura....

Currador do Futuro
Mensagens: 2671
Registrado em: 01 Ago 2015 15:05
Contato:

Re: Carro elétrico quem se arrisca?

Mensagem por Currador do Futuro » 12 Abr 2024 13:46

Se a bateria de 12v do carro dura no máximo 3 anos e começa a perder sua propriedade...e ta 600 pau, Fico imaginando a que move 1,5 toneladas e toda parte elétrica do carro, se der pau, qto custaria para trocar....
Ainda acho cedo comprar.
Sem contar que tudo q se torna eletrônico diminui o periodo de obsolescência e costuma se tornar mais acessível... E isso não ocorreu com o carro elétrico ainda. Vou esperar mais um pouco
:offtopic:

Responder

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Djair Ferreira, Fpmg, Germer, jack sawer, Vitorino e 147 visitantes