Diário de um Faixa Branca

Tudo sobre a arte suave e outras artes está aqui !
Avatar do usuário
Andy
Mensagens: 1980
Registrado em: 21 Out 2019 11:20

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Andy » 09 Mar 2022 13:58

Gardenal_JJ escreveu:
08 Mar 2022 17:20
O intuito? Sobrevivência. Se tiver um branca novato pra colocar com ele, melhor ainda.
Perfeito.

Eu rolei na minha primeira aula, é uma das melhores lembranças que carrego de minha relação com o jiu.

Avatar do usuário
MãoDeMacaco
Aprendiz
Aprendiz
Mensagens: 4498
Registrado em: 23 Ago 2014 16:19
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por MãoDeMacaco » 09 Mar 2022 14:13

Gardenal_JJ escreveu:
09 Mar 2022 08:27
Tá viajando campeão parei por aqui.
Sem crise, a gente só discorda em um ponto

Avatar do usuário
Raul Nutti
Mensagens: 5409
Registrado em: 23 Nov 2014 20:44
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Raul Nutti » 10 Mar 2022 07:52

Gardenal_JJ escreveu:
08 Mar 2022 17:20
O intuito? Sobrevivência. Se tiver um branca novato pra colocar com ele, melhor ainda.
Eu penso o contrário, acho que se for fazer muita questão de por um iniciante pra rolar, o ideal é colocar uma pessoa mais graduada pra ir dando uns toques.
Mas antes de tudo o cara tem que pelo menos ter tido exercícios de movimentação mais básicos: fuga de quadril, ponte, saída da montada, reposição de guarda do 100kg, etc.
Adianta nada colocar uma pessoa que tá na primeira aula pra rolar com outro branca. Vai sobrar cotovelada, joelhadas, arranhão e beliscão. Não acrescenta em nada colocar uma pessoa nas primeiras aulas pra ficar sendo brutalizado ou finalizado repetidas vezes.
Quando vou rolar com iniciantes assim, eu sempre faço o seguinte: deixo o cara tentar o que ele sabe e vou facilitando, se ele quer passar minha guarda e faz as pegadas certinho, vou aliviando pra ele fazer o que aprendeu, se comete algum erro de postura, deixa entrar uma pegada e não protege o pescoço, etc, eu exploro esse erro e depois explico como que ele faz pra evitar isso.
É bem mais humano e respeitoso. Não acho que tem que deixar o cara rolar só com 2 ou 3 graus na branca, mas pelo menos umas 2 semanas deixando apenas específicos pra tentar o que aprendeu na aula não vão tornar ninguém menos homem ou "samurai"
"In wars, boy, fools kill other fools for foolish causes"
Imagem

malemaoz
Mensagens: 113
Registrado em: 08 Jul 2014 11:43
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por malemaoz » 10 Mar 2022 08:16

Gardenal_JJ escreveu:
08 Mar 2022 17:20
O intuito? Sobrevivência. Se tiver um branca novato pra colocar com ele, melhor ainda.

Essa gourmetização começou com o método Gracie Barra, um verdadeiro retrocesso pro Jiu-Jitsu.

Eu ainda comecei a treinar em 2005 e acho isso ridículo, imagino quem começou na década de 90.....
Totalmente de acordo, e está tomando uma proporção absurda, gourmetizaçao seguida de "incentivo" pra não perder alunos, a maneira engessada que as faixas são dadas hoje me deixa bem preocupado.
Um faixa azul recém graduado hoje está muito longe de um azul criado no método old school, um faixa azul antigamente causava medo em qqer um, hoje mudou muito.
Editado pela última vez por malemaoz em 10 Mar 2022 16:22, em um total de 1 vez.

robertod12
Mensagens: 375
Registrado em: 24 Jan 2015 22:32
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por robertod12 » 10 Mar 2022 08:41

Eu acho que não dá para perdermos nossa raiz, Jiu Jitsu tem contato, a ideia é trocar porrada, e saber se defender, mas quantos faixas pretas hoje sabe defesa pessoal? O Próprio Buchecha, mesmo depois de ser campeão mundial confessou que não tinha noção de defesa pessoal.

Mas ai temos que colocar na balança, é melhor ter um faixa azul cascudo igual antigamente, ou ter 10 faixas azul no tatame, trazendo a família treinando homem, mulher junto?
Os tempos são outros, não dá pra colocar o Jiu Jitsu como era antigamente nos tempos de hoje.
[img]https://i.imgur.com/FSCuBRs.png[/img]

Gardenal_JJ
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 6814
Registrado em: 16 Jun 2014 11:01
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Gardenal_JJ » 10 Mar 2022 10:22

As academias que mais lotam hoje, são as que você pega grau e faixa por número de aulas, lamentável.

malemaoz
Mensagens: 113
Registrado em: 08 Jul 2014 11:43
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por malemaoz » 10 Mar 2022 10:59

Gardenal_JJ escreveu:
10 Mar 2022 10:22
As academias que mais lotam hoje, são as que você pega grau e faixa por número de aulas, lamentável.
Eu treino em uma academia pequena de bairro, apesar de até irmos em alguns campeonatos, o foco não é esse.
Tem uma coisa que pra mim é comum lá pq sempre treinei lá, mas não vejo isso mais em academia nenhuma, que é rola sem tempo.
Isso já muda e muito a dinâmica do jiu de cada um, apesar de ter que ter se ajustado ao mercado e graduar baseado não só no conhecimento mas também por tempo, pq como disseram acima, ali estão se formando pessoas melhores e não só lutadores, não existe faixa azul com menos de 2 anos de treino.
Não dá pra ficar no passado, mas também não dá pra mcdonaldizar o jiu.
ps: em 2016 fui fazer um treino com vc lá em Floripa, difícil vc lembrar com ctza kkkk, eu tinha acabado de pegar a faixa roxa, não consegui manter um ritmo de treino constante esses anos até aqui e estou travado na marrom, mesmo não tendo abandonado, e acho que está muito certo.

Gardenal_JJ
Colaborador
Colaborador
Mensagens: 6814
Registrado em: 16 Jun 2014 11:01
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Gardenal_JJ » 10 Mar 2022 11:34

malemaoz escreveu:
10 Mar 2022 10:59
Eu treino em uma academia pequena de bairro, apesar de até irmos em alguns campeonatos, o foco não é esse.
Tem uma coisa que pra mim é comum lá pq sempre treinei lá, mas não vejo isso mais em academia nenhuma, que é rola sem tempo.
Isso já muda e muito a dinâmica do jiu de cada um, apesar de ter que ter se ajustado ao mercado e graduar baseado não só no conhecimento mas também por tempo, pq como disseram acima, ali estão se formando pessoas melhores e não só lutadores, não existe faixa azul com menos de 2 anos de treino.
Não dá pra ficar no passado, mas também não dá pra mcdonaldizar o jiu.
ps: em 2016 fui fazer um treino com vc lá em Floripa, difícil vc lembrar com ctza kkkk, eu tinha acabado de pegar a faixa roxa, não consegui manter um ritmo de treino constante esses anos até aqui e estou travado na marrom, mesmo não tendo abandonado, e acho que está muito certo.
Opa meu querido, lembro sim quando você visitou o meu treino. Faz um tempinho, não dou aula mais há 4 anos.

Se essa gourmetização fosse somente em alguns redes, tudo bem, mas até o Demian Maia aderiu faixa por número de aulas, complicado. Na equipe que treino daqui, não existe a menor possibilidade de alguma coisa assim acontecer.

eduardom
Mensagens: 215
Registrado em: 17 Jun 2014 02:01
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por eduardom » 13 Mar 2022 09:41

O intuito de brutalizar um faixa branca é mostrar que Jiu Jitsu funciona. Brutalizar que eu digo, nao é machucar nem nada e sim dominar ou finalizar o oponente para ele realmente se sentir incapaz e ver que aquilo funciona. Se possível um faixa azul magrelo contra um bombado, melhor ainda.

Hoje estão gourmetizando demais, preferem quantidade a qualidade, e dessa forma perdemos os casca grossas pois acham que o Jiu não funciona e fica -se os mangoloes graças ao incentivo dado e a falsa sensação de poder.

Alekson lima
Mensagens: 877
Registrado em: 22 Dez 2015 15:33
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Alekson lima » 02 Mar 2023 22:26

Sou faixa branca, depois de +/- 7 anos parado, ontem fiz um treino de jiu jitsu, aula particular, professor faixa marrom, deve ter a metade da minha idade, que é 40 😄😄😄. A aula é experimental, oferecida pela academia, sao 3 no total. Foi mais para passar posição, levantada técnica, queda clássica de costas batendo com a mão e antebraços no tatame, queda simples encurtando a distância e deslocando com o corpo, 100 quilos, montada e chave de braço, pegada nas costas e mata leão.

Sobre a academia, trata-se de uma filial da Alliance, e pelo que entendi, se a pessoa é branca iniciante as 60 primeiras aulas são só para pegar o básico, golpes e defesas simples, nao tem rola. Depois das primeiras 60 aulas, o aluno recebe 2 graus e pode frequentar as aulas de intermediário e do intermediário/avançado. No primeiro caso já tem uns rolas, mas eles acontecem em posições predeterminadas, por exemplo, começa na montada e quem está por baixo tenta sair, guarda fechada e tenta passar a guarda, de costas e tenta finalizar etc. Nas aulas do intermediário/avançado tem rolas normal.

Recentemente estive em uma filial da zenith, em moema, capital de Sp, e lá parece que o esquema é parecido, 60 aulas iniciais sem rola, mas nao tem horário específico para iniciantes, intermediário e avançado, como é na Alliance. Lembro que no dia vi mãe e filha treinando juntas. Nesse esquema de 60 aulas, se a pessoa frequenta a academia 3 vezes na semana, só vai começar efetivamente a lutar depois de 5 meses. Nas academias anteriores que frequentei já colocavam o branca para lutar na primeira aula, normalmente com alunos mais graduados. Quando treinei na adolescência, na primeira aula fui lutar com um faixa roxa, ele disse que nas origens a primeira forma de defesa do homem era agarrando o oponente, então eu deveria fazer o mesmo, e assim o fiz, levei várias raspagens, eu parecia um boneco de pano na mão dele, mas rolou tudo bem, não fui finalizado kkkkkk. Não vejo problema em ficar as 60 primeiras aulas treinando somente parte técnica, acho importante para aprimorar posições, corrigir vícios, mas isso depende de cada um, se o aluno totalmente iniciante quer lutar logo na primeira aula, ele não está errado, tem que procurar uma academia de acordo com o seu perfil. Da mesma forma, se a pessoa quer ter contato com um ambiente de competição, deve procurar o lugar certo para isso. Há aquelas academias com clima mais voltado para amizade, em que a família treina junto, pais e filhos, e outras em que a impressão que dá é que vc está em um ginásio onde rola um campeonato brasileiro de jiu. Aí a pessoa tem que ver onde se sente melhor. A academia em que treinei há 7 anos atrás era um exemplo do segundo caso, muitos alunos participando de competições, tinha gente lá que mal olhava na sua cara. Pelo que eu lembro, nao cheguei a ver ninguém acima de 50 anos treinando, quase todo mundo com menos de 30 anos, muitos na faixa dos 20 aos 25 anos, pouquíssimos com mais de 40. Na época eu tinha 33, e era um dos mais velhos da turma, até os professores eram mais novos. Não sei se continua igual, afinal já se passaram 7 anos, pode ser que tenha mudado, mas não acredito não, pelo que vejo das fotos no Instagram. Mas como disse, tudo depende do que o aluno enxerga como bom e ruim.

Avatar do usuário
Andy
Mensagens: 1980
Registrado em: 21 Out 2019 11:20

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Andy » 03 Mar 2023 14:51

Parabéns pelo retorno e que dê tudo certo!

Mas é brabo 60 aulas sem rolar kkkkk Num cálculo nas coxas, com 3 treinos semanais, são 20 semanas ou 5 meses !!!!!!!!!!!

Alekson lima
Mensagens: 877
Registrado em: 22 Dez 2015 15:33
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Alekson lima » 17 Mar 2023 21:33

Voltei a treinar jiu. Já fiz duas aulas coletivas, além das 3 particulares introdutórias. Só posição por enquanto, bem básico, guilhotina, estrangulamento na montada, raspagem. Faço corrida 1x na semana e ando de bicicleta 1x tb, mas nas aulas senti muito cansaço, o gás acabava rapidinho, nos rolamentos e fuga de quadril eu era o último da turma, ficando para trás. Acredito que em 2 meses eu entro no ritmo.

Nessa semana eu estava na aula de krav maga com duas meninas e o professor. Ele me chamou para explicar um golpe, nao disse o que era, eu fui fazendo o que ele pedia. Segurei o pulso dele com a mão, aí ele arranca a pegada com um movimento de giro da mão e começa a aplicar uma mão de vaca. Só que ele exagerou na força, eu senti um dor tremenda, como se a minha mão fosse sair do corpo, e só deu tempo de eu soltar um grito. E nisso uma das meninas diz que eu sou um ótimo ator 😆😆😆. Começamos a fazer o golpe um no outro, obviamente que eu não coloquei força nas meninas, fiz bem de levinho só para sentir o movimento, e entre elas foi a mesma coisa. Esse pessoal nao tem noção do que é levar uma mão de vaca de bem dada. E depois o professor me chama de novo para explicar uma chave de ombro em pé, começa com um segurando o pulso do outro com as duas mãos, arranca a pega e torce o braço para trás. E de novo ele coloca força de mais, só que dessa vez eu não gritei, deu tempo.de bater na minha perna desistindo do golpe. E na hora de um aluno fazer no outro novamente ninguém coloca força em ninguém. Só sei que nao consegui dormir direito no dia por conta das dores no ombro e no pulso, sorte que foi só um dia kkkkk.

Avatar do usuário
Raul Nutti
Mensagens: 5409
Registrado em: 23 Nov 2014 20:44
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Raul Nutti » 17 Mar 2023 21:55

Alekson lima escreveu:
17 Mar 2023 21:33
Voltei a treinar jiu. Já fiz duas aulas coletivas, além das 3 particulares introdutórias. Só posição por enquanto, bem básico, guilhotina, estrangulamento na montada, raspagem. Faço corrida 1x na semana e ando de bicicleta 1x tb, mas nas aulas senti muito cansaço, o gás acabava rapidinho, nos rolamentos e fuga de quadril eu era o último da turma, ficando para trás. Acredito que em 2 meses eu entro no ritmo.

Nessa semana eu estava na aula de krav maga com duas meninas e o professor. Ele me chamou para explicar um golpe, nao disse o que era, eu fui fazendo o que ele pedia. Segurei o pulso dele com a mão, aí ele arranca a pegada com um movimento de giro da mão e começa a aplicar uma mão de vaca. Só que ele exagerou na força, eu senti um dor tremenda, como se a minha mão fosse sair do corpo, e só deu tempo de eu soltar um grito. E nisso uma das meninas diz que eu sou um ótimo ator 😆😆😆. Começamos a fazer o golpe um no outro, obviamente que eu não coloquei força nas meninas, fiz bem de levinho só para sentir o movimento, e entre elas foi a mesma coisa. Esse pessoal nao tem noção do que é levar uma mão de vaca de bem dada. E depois o professor me chama de novo para explicar uma chave de ombro em pé, começa com um segurando o pulso do outro com as duas mãos, arranca a pega e torce o braço para trás. E de novo ele coloca força de mais, só que dessa vez eu não gritei, deu tempo.de bater na minha perna desistindo do golpe. E na hora de um aluno fazer no outro novamente ninguém coloca força em ninguém. Só sei que nao consegui dormir direito no dia por conta das dores no ombro e no pulso, sorte que foi só um dia kkkkk.
Primeiro de tudo, não ligue de ficar por último nos movimentos básicos. É melhor você focar na técnica do que na velocidade. O primeiro passo para fazer algo rápido é conseguir fazer devagar
Segundo: Que porra de professor de krav maga é esse que não tem noção da força que aplica essas porras? Deve ser um picareta do caralho (Como 99% dos professores disso). Saia antes que se machuque
"In wars, boy, fools kill other fools for foolish causes"
Imagem

Avatar do usuário
Dillan Grau
Admin
Admin
Mensagens: 14432
Registrado em: 30 Nov 2014 09:51
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Dillan Grau » 19 Mar 2023 21:13

Alekson lima escreveu:
17 Mar 2023 21:33
Voltei a treinar jiu. Já fiz duas aulas coletivas, além das 3 particulares introdutórias. Só posição por enquanto, bem básico, guilhotina, estrangulamento na montada, raspagem. Faço corrida 1x na semana e ando de bicicleta 1x tb, mas nas aulas senti muito cansaço, o gás acabava rapidinho, nos rolamentos e fuga de quadril eu era o último da turma, ficando para trás. Acredito que em 2 meses eu entro no ritmo.

Nessa semana eu estava na aula de krav maga com duas meninas e o professor. Ele me chamou para explicar um golpe, nao disse o que era, eu fui fazendo o que ele pedia. Segurei o pulso dele com a mão, aí ele arranca a pegada com um movimento de giro da mão e começa a aplicar uma mão de vaca. Só que ele exagerou na força, eu senti um dor tremenda, como se a minha mão fosse sair do corpo, e só deu tempo de eu soltar um grito. E nisso uma das meninas diz que eu sou um ótimo ator 😆😆😆. Começamos a fazer o golpe um no outro, obviamente que eu não coloquei força nas meninas, fiz bem de levinho só para sentir o movimento, e entre elas foi a mesma coisa. Esse pessoal nao tem noção do que é levar uma mão de vaca de bem dada. E depois o professor me chama de novo para explicar uma chave de ombro em pé, começa com um segurando o pulso do outro com as duas mãos, arranca a pega e torce o braço para trás. E de novo ele coloca força de mais, só que dessa vez eu não gritei, deu tempo.de bater na minha perna desistindo do golpe. E na hora de um aluno fazer no outro novamente ninguém coloca força em ninguém. Só sei que nao consegui dormir direito no dia por conta das dores no ombro e no pulso, sorte que foi só um dia kkkkk.
mestre, isso não vai melhorar o teu gás pro jiu-jitsu, a relação de transferência é mínima, o q vai aumentar tua resistência é treinar jiu-jitsu... ainda existe um mito muito forte sobre a corrida e a bicicleta aumentarem o gás. O principal é: no jiu-jitsu nós envolvemos todo o corpo lutando e na corrida e bike os membros inferiores fazem o trabalho, MAS alguém pode chegar e falar da frequência cardíaca, e novamente não são o mesmo esporte e tem uso boienegético diferentes... resumindo: se quer gás pro jiu-jitsu treina o mesmo e troque a corrida e a bike por musculação, em especial voltada para força e mais tarde potência. Aqui no BR quem fala muito isso é o Itallo Vilado.

e sobre o krav maga, eu largaria de mão, quem começa assim só pode ser um cara sem noção em mostrar golpe com toda força.
Imagem

Alekson lima
Mensagens: 877
Registrado em: 22 Dez 2015 15:33
Contato:

Re: Diário de um Faixa Branca

Mensagem por Alekson lima » 22 Mar 2023 20:25

Dillan Grau escreveu:
19 Mar 2023 21:13
mestre, isso não vai melhorar o teu gás pro jiu-jitsu, a relação de transferência é mínima, o q vai aumentar tua resistência é treinar jiu-jitsu... ainda existe um mito muito forte sobre a corrida e a bicicleta aumentarem o gás. O principal é: no jiu-jitsu nós envolvemos todo o corpo lutando e na corrida e bike os membros inferiores fazem o trabalho, MAS alguém pode chegar e falar da frequência cardíaca, e novamente não são o mesmo esporte e tem uso boienegético diferentes... resumindo: se quer gás pro jiu-jitsu treina o mesmo e troque a corrida e a bike por musculação, em especial voltada para força e mais tarde potência. Aqui no BR quem fala muito isso é o Itallo Vilado.

e sobre o krav maga, eu largaria de mão, quem começa assim só pode ser um cara sem noção em mostrar golpe com toda força.
Vlw. Inicialmente estou indo para as aulas de jiu apenas 3x na semana, mas intenção é ir 5x. Atualmente consigo correr 35 minutos direto na rua tranquilamente, sem ficar muito cansado, mas nas aulas de jiu estou cansando rápido, com tempo vai melhorar o gás, só continuar treinando. Estou indo apenas 3x para ir pegando o ritmo aos poucos.

Responder

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 35 visitantes